Covid-19

Lojistas de shopping se preparam para reabertura

Consultor do Sebrae orienta empresários e dá dicas importantes de como se comportar nesse momento delicado

Com a permissão de reabertura dos shoppings de Cuiabá a partir desta quarta-feira, 03 de junho, lojistas e equipes se preparam para a retomada das atividades depois de um período de mais de 70 dias com as portas fechadas.

O consultor da Gerência de Relacionamento e Comunicação do Sebrae Mato Grosso, Alberto Ferreira Queiroz Santana, ressalta que essa retomada deve ser muito bem planejada e que deve ser gradual, um processo para que os clientes voltem a comprar, pois muitos ainda estão receosos.

Ele recomenda alguns passos. Primeira coisa a fazer é organizar o conjunto de clientes, atualizar cadastro, analisar perfil e verificar quais produtos e ou serviços podem ser colocados à disposição nesse momento.

Feito isso, manter uma comunicação com os clientes de forma clara e frequente. “Tenha publicações com informações relevantes para ele nesse momento”, indica.

A organização do estoque é outro ponto de destaque, especialmente porque o Dia dos Namorados vem chegando e é preciso saber quais produtos vão ser colocados à venda nesse período. “É oportuno levantar o que já tem e o que se pode comercializar, verificando se os produtos estão com condições de serem ofertados”.

Segundo o consultor, as promoções podem ser uma estratégia interessante para os lojistas nesse período em que precisam gerar caixa na empresa. Porém, ele ressalta que as promoções devem ter regras claras para que não gerem aglomeração. “Quem sabe criar estratégias de promoções para que o cliente acesse ao produto/serviço na loja em horário agendado? Todo mundo gosto de ser bem tratado”, pondera. Segundo ele, nem sempre a promoção gera resultado de imediato, mas pode servir para  aumentar o alcance de público.

Por fim, mas não menos importante, destaca as redes sociais como uma ferramenta importantíssima que deve ser usada agora mais do que nunca. No entanto, lembra que o conteúdo das redes sociais deve ser atrativo e não apenas um instrumento de venda. “O interessante é manter uma frequência com publicações ao menos uma vez por dia. Usamos a regra de Pareto: a cada cinco publicações, quatro serão de conteúdo/informação e uma de publicação de produto, com viés comercial”, resume.

E finaliza dizendo que as redes sociais podem ser mais um canal de vendas para a empresa, uma vitrine para atrair o público.