Recursos Humanos

Profissionais e estudantes de RH participam de palestra no Sebraelab

O encontro foi realizado pelo Núcleo RH MT com o apoio do Sebrae Mato Grosso.

Cuidar do bem-estar do colaborador, proporcionar experiências, sensações, agregar conhecimento, o valorizando como ser humano. O profissional de recursos humanos, ou seres humanos, desempenha hoje um papel diferente do que desempenhava anos atrás. A estratégia de atuação mudou e deixou de ser apenas o setor de contratos e demissões. Foi com essa visão, que a gerente de desenvolvimento de seres humanos do Sebrae/MT, Suleima Metelo ministrou uma palestra para quarenta profissionais e estudantes de RH, na última segunda-feira (11), no Sebraelab.

A palestra “Tendências de RH”, mostrou aos participantes que um RH estratégico precisa pensar desde a importância do acolhimento do profissional na empresa, passando pelas experiencias proporcionadas para o desenvolvimento dele e o olhar estratégico sobre o negócio da empresa.

“Quando o profissional de RH conhece o negócio da empresa, ele será assertivo na hora de contratar e formar seus colaboradores. O RH está ganhando as empresas por conta das estratégias. Tem muita empresa que ainda pensa que o nosso papel é só contratar e demitir, mas não. Temos um cunho estratégico: cuidar de pessoas para que elas sejam mais produtivas e tragam resultados para a empresa. Durante a apresentação, mostrei isso através do que fazemos no Sebrae/MT”, explica Suleima.

O Encontro Identidade RH foi realizado pelo Núcleo RH MT com apoio do Sebrae. Diane Taques, que compõe o núcleo, afirma que o tema foi muito importante para os RH das empresas participantes. “Se a gente falar da importância que nós gostaríamos que os RHs tivessem, nós falaríamos que o aumento da produtividade das empresas com qualidade de vida, andam juntos por meio do RH. Entretanto, nem todas as empresas tem essa percepção. Para aquelas que tem, é de grande importância eventos como esse”, comenta.

Para a psicóloga Elizangela Elaine Cristo, que atua há quatro anos no RH de uma empresa em Cuiabá, ela pode ver inovações que pretende levar para o dia-a-dia corporativo. “Nós estamos sempre correndo atrás de tudo que nos aproxime dos nossos colaboradores para não só acolhê-los, mas também para satisfazer o que a empresa busca. A empresa quer um colaborador feliz, que trabalhe bem e com isso gere resultados. Mas de que maneira o RH pode fazer isso? O que a Suleima apresentou hoje, foram coisas inovadoras, muito bacana e que vou buscar testar na empresa que faço parte”, conclui.

Núcleo de RH busca criação de Associação

Desde 2018, profissionais de RH voluntários compõe um núcleo que busca reestruturar a seccional da Associação Brasileira de Recursos Humanos em Mato Grosso (ABRH/MT), que deixou de existir há seis anos. Atualmente Acre, Roraima, Amapá, Tocantins e Mato Grosso não possuem uma seccional da ABRH. A expectativa é que no segundo semestre de 2019, a Associação esteja funcionando.