PRÓ-PANTANAL

Mapa e Sebrae apresentam ações para mitigar incêndios em áreas rurais do Pantanal

Superintendente do Sebrae MT participa da live nesta segunda-feira, às 16h30 (hora de Mato Grosso)

Com a seca no Pantanal ainda mais severa e generalizada o risco de queimadas na região é grande e todos os esforços estão sendo adotados para evitar que o fogo se alastre novamente, como ocorreu no ano passado, quando atingiu mais de 40% da área, afetando pelo menos 65 milhões de animais vertebrados nativos e quatro bilhões de invertebrados.

Nesta segunda-feira, 12, as 16h30 (hora de MT), pelo Youtube - http://bit.ly/live-pantanal, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) faz live de apresentação de um conjunto de Ações de Mitigação de Incêndios em Áreas Rurais do Pantanal, incluindo Programa de apoio à recuperação do bioma Pantanal – Pró-Pantanal, iniciativa formatada pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) que está sendo executado nos estados de Mato Grosso e de Mato Grosso do Sul com vistas à recuperação econômica da região pantaneira por meio de ações de apoio às micro e pequenas empresas no território.

Será anunciada também uma parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e o Sebrae para a realização de estudos, ações de mobilização, capacitação de multiplicadores e identificação de iniciativas, que estimulem a sustentabilidade ambiental e produtiva no contexto do desenvolvimento rural e da agropecuária pantaneira.

E ainda, para auxiliar nas estratégias de prevenção, também será lançado o Painel Risco de Incêndio do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). A ferramenta digital monitora e divulga os locais com maior probabilidade de ocorrência de incêndio no Brasil.

Participam da live, a ministra Tereza Cristina, o presidente do Sebrae Nacional, Carlos Melles, representante do BID no Brasil, Morgan Doyle, o diretor do Instituto Nacional de Meteorologia (INMEP), Miguel Ivan Lacerda de Oliveira, os governadores de MT, Mauro Mendes, e de MS, Reinaldo Azambuja; e o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar de MS, coronel Hugo Djan Leite. Do Sebrae MT, o diretor-superintendente do Sebrae MT, José Guilherme Barbosa Ribeiro, estará presencialmente no evento em Brasília, já por Mato Grosso do Sul, participam o presidente do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae/MS e titular da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Jaime Verruck, o diretor-superintendente do Sebrae/MS, Claudio Mendonça.

Pró-Pantanal

Programa Pró-Pantanal visa reduzir o impacto das queimadas na economia local por meio da dinamização das atividades econômicas e do estímulo a novos negócios nos dois estados brasileiros.

Além de contemplar o apoio à prevenção e combate a incêndios florestais, o programa também visa desenvolver o empreendedorismo no bioma, a partir da identificação de oportunidades inovadoras e de acesso aos mercados nacional e internacional, atuando em redes de transformação do ambiente de negócios e do território por meio da cooperação e fortalecimento da governança nas comunidades e Instituições que atuam no local.

Neste primeiro momento, gestores do Sebrae MT estão apresentando o programa para gestores públicos dos municípios participantes no Estado e representantes da sociedades locais, visando o engajamento de todos.

O superintendente do Sebrae MT José Guiherme Barbosa Ribeiro avalia que o Pró-Pantanal está sendo muito bem recebido pelas comunidades locais. Ele lembra que o bioma Pantanal é um patrimônio da humanidade e devemos ter respeito, não só com as águas dessa que é a maior planície alagável do mundo, mas também com as nascentes responsáveis por sua formação. “Cabe a nós manter essa paisagem, deixar tudo isso como legado para as futuras gerações, para os seres humanos, para a humanidade”, disse, por telefone, durante uma visita técnica ao Museu Rondon, instalado na localidade de Mimoso, no município de Santo Antônio de Leverger, em meio a um autêntico cenário pantaneiro, a planície levemente alagada, cercado pelas serras, muitos pássaros como flamingos, tuiuiús, cabeças-secas, garças, além de cavalos pantaneiros egado pastando.

Da visita técnica, na manhã de sexta-feira, 09, participaram a gestora do Programa Pró-Pantanal em MT, Suenia Sousa; o arquiteto José Afonso Botura Portocarrero, autor do projeto arquitetônico do Museu Rondon e do Centro Sebrae de Sustentabilidade (CSS) e o artista plástico Gervane de Paula.

José Guilherme destaca que o período de seca e escassez hídrica é mais propício às queimadas. “Convocamos os gestores públicos, produtores rurais, empresários, a sociedade em geral a seguir religiosamente as orientações das autoridades e técnicos, do Corpo de Bombeiros para evitar um novo desastre, que seria fatal para esse bioma”.

Reforça que devemos ter uma visão no que tange à bioeconomia, visto que o Pantanal oferece grandes oportunidades. “Precisamos preservar não só a natureza, o meio ambiente, mas também a economia e os seres humanos que habitam nesse bioma, fortalecendo a cultura do homem pantaneiro”.

Serviço:

Data: 12/07/2021

Horário: 16h30 (MT)

Assista em: http://bit.ly/live-pantanal