100% ONLINE

Sebrae promove edição 2021 da Semana do MEI

Capacitações sobre vários temas ligados a gestão, finanças e muito mais, serão de 10 a 14 de maio, tudo de forma online e gratuita

O Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) promove de 10 a 14 de maio, a Semana do MEI 2021, reunindo uma grande diversidade de atividades 100% online e gratuitas para microempreendedores individuais e potenciais empresários, entre elas palestras, oficinas e seminários para melhorar os negócios, além de orientação empresarial sobre gestão, inovação e finanças, obrigações e benefícios do MEI. Para participar, basta se inscrever no link: http://www.sebrae.com.br/semanadomei.

A programação é nacional e o Sebrae Mato Grosso participa diretamente na quinta-feira, 13, com três oficinas pela manhã sobre um dos temas que mais atormenta empresários e empreendedores de todos os portes, finanças. A primeira oficina às 09h (horário de MT), “Organizando as finanças do MEI”, será conduzida pelo economista Fábio Apolinário; a segunda (10h) “Como fazer render seu rico dinheirinho?”, como Angélica Pescador, da agência Sebrae de Juína; e a terceira às 11h com o tema “E o seu futuro? Estratégias financeiras para realizar seus objetivos”, com Allan Finger.

A atividade vespertina começa com a palestra “Educação financeira como meta de vida: a história da CEO da startup Barkus, vencedora do prêmio Mulheres que Transformam”, com Bia Santos. Tem ainda Larissa Salustiano falando sobre o papel das fintechs na inclusão social; e oportunidades com o PIX para o MEI, com o CEO da PremiaPão, Rafael Mattos.

A diretora técnica do Sebrae MT, Eliane Chaves, reforça a importância do apoio para que os microempreendedores individuais possam fazer uma boa gestão do negócio e assim assegurar bons resultados de venda e controle dos custos para atingir a lucratividade necessária.

Muitas opções

De segunda a sexta-feira, haverá atividades no período da manhã, das 09 às 11h50 e à tarde, a partir das 13h indo até as 17h30 (horário de MT).

Na segunda-feira, 10, estão programadas as oficinas “Negócios de sucesso: como se preparar para enfrentar os desafios?”; “Como o equilíbrio emocional pode alavancar seus resultados” e “Mulher MEI e suas multitarefas – equilibrando os papeis”.

À tarde, é a vez de tratar de temas como resiliência e criatividade na resolução de problemas, superação de desafios e agregação de valor. O investidor anjo João Kepler trata de Empreendedorismo e oportunidades; e a especialista Maryana com Y fala de atitudes positivas.

Na terça-feira, 11, tem as oficinas “Macro com caderno de tendências” e dois workshops – Tendência setor de alimentos e de beleza no período de manhã, e à tarde é a hora de mergulhar no mundo digital e pensar no futuro com dicas imperdíveis de como as marcas estão utilizando o Tik Tok, ferramentas para conteúdos autênticos nas redes sociais, mercado digital e vendas online, e oportunidades para o MEI no pós pandemia.

A quarta-feira, 12, começa com a revelação de como começar um negócio com poucos recursos, tendências e oportunidades para quem é MEI, ferramenta Canvas para aprender a planejar o negócio. No período da tarde tem as palestras “O que não te contam sobre empreender”, como Felipe Siqueira, sócio do grupo Reserva; “Como fugir da mesmice e se tornar único” com Dennis Penna, fundador da Polo Palestrantes, principal agência do gênero no Brasil; e finalizando o dia, “Abrindo meu MEI: como me preparar para formalizar meu negócio”.

Fechando a programação na sexta-feira, 14, tem as oficinas matinais “Como iniciar a divulgação da minha empresa?”, “Como usar o whatsApp Business para vender mais?; e “Como me destacar em marketplaces?, com os especialistas do Sebrae SP Juliana Segallio, Tais Camargo e Alexandre Giraldi/Eder Max.

A tarde começa com os 10 passos para ter um site atrativo, continua com as palestras sobre design para negócios, forma simples e prática de divulgar o MEI e como criar uma vitrine online.

Fechando toda a programação da Semana do MEI, o empreendedor Rick Chester, garoto propaganda da edição de 2021, conta sua história de sucesso e como passou de vendedor ambulante de água em Copacabana a palestrante de renome nacional que chegou a palestrar em Harvard e se tornou sucesso no YouTube.

De forma descontraída, ele ensina técnicas para que mais pessoas tenham o mesmo desempenho. Conhecido pelo bordão  “Pega essa visão”, ficou famoso pela sua forma inusitada de comandar seu negócio de água mineral e encoraja os empreendedores a pegarem essa visão para verem o sucesso do seu negócio também.

Números do MEI

Em 2020, foram criados mais 2,6 milhões de novos microempreendedores individuais – maior número desde 2009, quando entrou em vigor lei regularizando a categoria - um crescimento de 8,4% em relação a 2019. O número total de MEIs ativos no país já supera 11,3 milhões (20% a mais do que em 2019) e o setor responde por 56,7% dos negócios em funcionamento no país. Em Mato Grosso, existem 196.652 microempreendedores individuais, segundo dados da Receita Federal de 2021 e a taxa de abertura é de 67,59%.

As principais características do MEI são ser uma empresa individual (sem sócios), com faturamento anual de até R$ 81 mil, com apenas um empregado que receba somente um salário mínimo ou piso da categoria, cuja atividade da empresa se enquadre no Simples Nacional, que não ter empresa em seu nome, nem participação de outra empresa como sócio.